Sexta-feira
24 de Setembro de 2021 - 
Atendimento 24 horas em todo o estado do Rio de Janeiro

Urna eletrônica: inconfundível por fora, cada vez melhor por dentro

A Secretaria de Comunicação e Multimídia do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) esclarece que as urnas brasileiras e o sistema eletrônico de votação têm sido continuamente atualizados e modernizados, desde sua implantação no país, em 1996. É falsa a afirmação de que as urnas eletrônicas atuais apresentam a mesma tecnologia de 1996. O sistema de votação brasileiro é objeto de aprimoramentos constantes, que acompanham o desenvolvimento científico nas áreas de segurança de sistemas e de sistemas embarcados.Embora o design exterior da urna tenha sido preservado ao longo dos anos, por dentro, a urna evoluiu significativamente. O TSE adquiriu urnas nos anos de 1996, 1998, 2000, 2002, 2004, 2006, 2008, 2009, 2010, 2011, 2013, 2015 e 2020. Os modelos de 1996 a 2008 já não estão mais em uso. A cada novo modelo, as urnas eletrônicas tornaram-se mais modernas e seguras. A título de exemplo, a partir do modelo de 2009, a urna ganhou uma evolução tecnológica relevante: para incrementar a segurança, foram introduzidos o hardware de segurança e a cadeia de confiança do software.Portanto, a manutenção do mesmo “visual” não significa que todos os modelos de urnas eletrônicas utilizados sejam os mesmos, o que também ocorre com outros aparelhos eletrônicos, como notebooks e telefones celulares de diferentes gerações.Por fim, não há dúvida de que o sistema eleitoral brasileiro é seguro, transparente e auditável antes, durante e depois da votação. Diversos agentes externos e independentes – como partidos políticos, Forças Armadas, Ministério Público, Polícia Federal – podem conferir e testar a segurança e a integridade do sistema de votação. Tags: #Fake news #Tecnologia da Informação #ASCOM #Tribunal Superior Eleitoral #Urna #Urna eletrônica Gestor responsável: Assessoria de Comunicação Últimas notícias postadas Recentes Fato ou boato: Barroso não disse que é a favor do voto impresso em 2017 Vídeo descontextualizado e editado insinua que ministro teria se manifestado favoravelmente a um equipamento com impressora TSE no TikTok ultrapassa a marca de 30 mil seguidores e 340 mil curtidas Vídeos usam descontração para informar, conscientizar e combater desinformação, sobretudo entre os mais jovens Eleitores de nove cidades voltam às urnas no próximo domingo (1º) Eleições suplementares serão realizadas para a escolha de novos prefeitos e vice-prefeitos
27/07/2021 (00:00)

Notícias

Cadastre-se

E acompanhe todas as novidades do nosso Escritório

Contate-nos

Advogado Criminal Rio RJ  4790778
© 2021 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia
Pressione as teclas CTRL + D para adicionar aos favoritos.