Quinta-feira
22 de Fevereiro de 2024 - 
Atendimento 24 horas em todo o estado do Rio de Janeiro

Pesquisa será fonte ‘perene’ de informações, diz Renata Gil

Renata Gil discursa durante a solenidadeA vice-presidente Institucional da AMB e presidente da AMAERJ, Renata Gil, afirmou, em discurso no lançamento da pesquisa “Quem somos. A magistratura que queremos”, que foi realizado um “trabalho perene”, que “servirá durante anos como fonte de informações para a sociedade e até mesmo como base para teses e pesquisas outras”.Leia também: TRE-RJ mantém ex-presidente da Alerj inelegível até 202480% dos juízes apoiam prisão em segunda instância, diz pesquisa da AMB‘Pretendo convocar 190 servidores aprovados no último concurso’, diz presidente do TJ-RJPara a líder classista nacional e fluminense, a pesquisa reforça  a necessidade de um avanço “na questão da saúde dos magistrados”.“Outro ponto importante foi o que tratou da segurança dos magistrados. As respostas revelaram que os magistrados entendem que a escolta pessoal é muito importante, mas que a alteração do horário forense não interfere muito em sua segurança. O resultado deste capitulo será muito importante na reavaliação das medidas já implementadas e na criação de outras mais efetivas, inclusive pelo CNJ, que tem um órgão destacado para tal tarefa”, discursou.Renata Gil anunciou que visitará os “Estados pulgando pessoalmente os resultados e coletando as impressões pessoais que impulsionarão a outra etapa do trabalho, qual seja, a formulação de novas políticas associativas e políticas públicas”.“Temos em mãos um rico material que servirá de base para inúmeros outros estudos, para sabermos exatamente quem somos hoje e como queremos nos ver no futuro. Como sempre digo, a instituição Poder Judiciário é gigante, e meu respeito por ela é infinito. Entretanto, mais importante que ela, são os homens que a compõem, que dedicam suas vidas para entregar justiça. Que tenhamos mais e mais instrumentos para aperfeiçoar a Justiça brasileira, para melhorar a qualidade de vida e de trabalho dos magistrados, de modo que possamos pacificar e tornar feliz a convivência social.”Coordenadora da comissão organizadora da pesquisa, função pidida com o ministro Luis Felipe Salomão, do Superior Tribunal de Justiça (STJ), Renata Gil agradeceu a todos os que participaram da elaboração dos questionários, dos levantamentos de dados e da avaliação das respostas – magistrados e sociólogos. Ela fez elogios ao presidente da AMB, Jayme de Oliveira, a quem definiu como “visionário e homem de habilidade ímpar para a condução da magistratura nacional”.“Deixo o meu agradecimento pela oportunidade de me deixar conhecer tão profundamente a magistratura brasileira”, concluiu ela. Um marco em sua gestão.  Veja aqui a íntegra da pesquisa.Claudio de Mello Tavares, Dias Toffoli e Renata Gil

Notícias

Cadastre-se

E acompanhe todas as novidades do nosso Escritório

Contate-nos

Advogado Criminal Rio RJ  7589967
© 2024 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia
Pressione as teclas CTRL + D para adicionar aos favoritos.