Domingo
07 de Junho de 2020 - 
Atendimento 24 horas em todo o estado do Rio de Janeiro

Ministro recebe homenagem por atuação no caso do bairro Pinheiro (AL)

O presidente do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) e do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Dias Toffoli, recebeu homenagem de moradores do Bairro Pinheiro de Maceió (AL) nesta quinta-feira (9). O agradecimento se deu pela atuação no acordo que beneficiou 4.500 famílias que viviam nas regiões de maior risco de afundamento e desmoronamentos. “Esse acordo é um marco na história da conciliação, da prevenção de acidentes e da reparação – além de evitar em torno de 40 a 50 mil processos no Judiciário que levariam, muitas vezes, anos para serem decididos”, apontou Dias Toffoli.    Para o representante da sociedade civil do Núcleo de Apoio à Defesa Civil da prefeitura de Maceió (Nudec), Joeliton Barbosa Goés, esse acordo significa o recomeço de uma nova vida. “Ele gera uma perspectiva diferente para as pessoas que perderam seus lares. Antes, esses processos poderiam demorar mais de 20 anos, e hoje os moradores têm um mínimo de segurança”, disse. “A atuação do CNJ e do STF vem para dar garantia e tranquilidade à população afetada e para impor àqueles responsáveis que assumam seus compromissos de reparações e segurança”, enfatizou Dias Toffoli. Ele recebeu o grupo no Tribunal Regional Federal da 5ª Região, em Recife, durante visita institucional ao Poder Judiciário pernambucano.     Conforme informações do CNJ, a Justiça Federal homologou, no dia 3 de janeiro, acordo entre a Braskem e persos órgãos do sistema de justiça para desocupação e indenização das famílias que moram nos bairros de Pinheiros, Mutange, Bebedouro e Bom Parto. Essas regiões são apontadas como as de maior risco pelas defesas civis nacional e municipal e pelo Serviço Geológico do Brasil (CPRM). O acordo deverá beneficiar cerca de 17 mil pessoas, ocupantes de, aproximadamente, 4.500 casas, de acordo com informação do Ministério Público de Alagoas. Consta ainda a obrigação da abertura, por parte da Braskem S.A., de uma conta cujo valor mínimo inicialmente a ser depositado é de R$ 1,7 bilhão para cobertura das despesas.  
09/01/2020 (00:00)

Notícias

Cadastre-se

E acompanhe todas as novidades do nosso Escritório

Contate-nos

Advogado Criminal Rio RJ  2986733
© 2020 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia
Pressione as teclas CTRL + D para adicionar aos favoritos.