Domingo
23 de Janeiro de 2022 - 
Atendimento 24 horas em todo o estado do Rio de Janeiro

Justiça do Rio condena mais dois denunciados na operação “Intocáveis”

O Conselho de Sentença do 4º Tribunal do Júri da Capital condenou Gerardo Alves Mascarenhas e Benedito Aurélio Ferreira Carvalho a 9 anos de reclusão e 450 dias-multa pelo crime de participação em organização criminosa armada que atuava nas comunidades de Rio das Pedras e Muzema, na Zona Oeste do Rio. Os dois condenados integravam o grupo de 12 milicianos denunciados, após serem alvo da operação “Intocáveis”.  A ação foi realizada em 2019 por força-tarefa integrada pelo Ministério Público do Rio de Janeiro e a Polícia Civil do estado.  A sentença de condenação foi proferida pelo juiz Gustavo Kalil, já na madrugada desta sexta-feira (19/11), ao fim do julgamento, por volta das 2h.  Este foi o quinto júri, do total de seis, envolvendo os acusados de pertencerem à organização criminosa atuante em Rio das Pedras e na Muzema.  O último júri está marcado para acontecer no próximo dia 9 de dezembro, quando Marcus Vinícius Reis dos Santos e Júlio Cesar Veloso Serra sentarão no banco dos réus.     Dos 12 acusados na operação “Intocáveis”, 10 já foram condenados. Na operação também foi denunciado o ex-capitão do Batalhão de Operações Especiais (Bope) da PM Adriano da Nóbrega, que teve a punibilidade extinta no processo após ser morto em fevereiro de 2020 na Bahia.    Processo nº: 0351059-82.2019.8.19.0001   JM/FS 
26/11/2021 (00:00)

Notícias

Cadastre-se

E acompanhe todas as novidades do nosso Escritório

Contate-nos

Advogado Criminal Rio RJ  5224988
© 2022 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia
Pressione as teclas CTRL + D para adicionar aos favoritos.