Quinta-feira
18 de Julho de 2019 - 
Atendimento 24 horas em todo o estado do Rio de Janeiro

Fórum na Ordem debate doenças raras

Nesta quarta-feira, dia 15, a Ordem sediou um fórum sobre doenças raras cujo título apresentou uma pergunta inquietante: “e se fosse com você?”.  O questionamento estimula a alteridade no ouvinte e demonstra a intenção dos organizadores, a Comissão de Defesa dos Direitos da Pessoa com Deficiência (CDPD), de democratizar o debate para um público mais amplo. O encontro contou com o apoio da Aliança Rara Rio (Arar) e do Comitê de Defesa dos Direitos Humanos das Pessoas com Doenças Raras (CEDDHPDR). Na abertura do evento, o presidente da CDPD enalteceu a importância do fórum não só para fortalecer o movimento Minha vida não tem preço - que defende fornecimento público de tratamentos de alto custo - como para empoderar as famílias que lidam cotidianamente com a falta de suporte e de políticas públicas voltadas aos que se encontram nessa condição. Apesar da dificuldade de inserir a pauta na política pública, a presidente do CEDDHPDR/RJ Patrícia Pontes esclarece que o acesso universal à saúde fundamenta-se nos direitos humanos, que concernem a todos independente de origem, cor ou classe social. Na sequência, a coordenadora do Arar Gabriele Gomes frisou que, apesar dos obstáculos enfrentados na luta pela causa, “unidos somos mais fortes e conseguimos obter mais resultados”. Ao longo da manhã e durante a tarde, palestrantes convidados discutiram o que são doenças raras; judicialização da saúde no Supremo Tribunal Federal (STF); o impacto do diagnostico de uma doença rara, entre outros assuntos.
15/05/2019 (00:00)

Notícias

Cadastre-se

E acompanhe todas as novidades do nosso Escritório

Contate-nos

Advogado Criminal Rio RJ  1522199
© 2019 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia
Pressione as teclas CTRL + D para adicionar aos favoritos.