Segunda-feira
06 de Abril de 2020 - 
Atendimento 24 horas em todo o estado do Rio de Janeiro

É Carnaval! Mas não liberou geral...

O Carnaval começa, oficialmente, para a maioria das pessoas, neste sábado (22/2). Mesmo assim, desde o início de fevereiro, dezenas de blocos têm arrastado milhares de pessoas pelas ruas e avenidas de vários bairros do Rio de Janeiro, antecipando as comemorações da folia de Momo. Muita música, fantasias e animação! Mas é preciso ter cuidado para não se empolgar e ultrapassar as barreiras da lei. Lançar mão de muros, postes ou qualquer outro espaço público para ‘se aliviar’quando dá aquela vontade de fazer xixi; se aproveitar de alguém por estar alcoolizado, ou provocar danos ao patrimônio público ou privado são algumas das atitudes que podem atravessar o ritmo da festa dos foliões bem antes da Quarta-feira de Cinzas. - É Carnaval, mas isso não significa que liberou geral. Os foliões têm que ter atenção, pois nem tudo é permitido – alerta o juiz Leandro Loyola de Abreu, juiz auxiliar da Presidência do Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro. O magistrado ressalta a importância de as pessoas brincarem o Carnaval sem interferir na liberdade e nos direitos das outras pessoas. - O Carnaval é uma festa popular, tradicional, que movimenta a economia do país, do Rio de Janeiro, mas vivemos em um Estado democrático de direito. As normas têm que ser observadas. E, às vezes, na empolgação, as pessoas esquecem um pouco disso. O crescimento gradativo dos blocos, muitos já denominados megablocos, também foi destacado pelo magistrado. Ele explicou que o TJRJ tem participado de reuniões com representantes de órgãos públicos das áreas de segurança e de infraestrutura do estado e do município para debater ações que coíbam a violência durante o desfile dos blocos, além de garantir a mobilidade urbana. - Acho que a grande questão é a aglomeração, já que esses blocos estão cada vez maiores. A concentração desse grande número de pessoas combinada com o consumo excessivo de álcool acaba provocando consequências, como brigas. Além disso, é preciso garantir nas áreas de desfile todas as vias de escape para permitir o acesso de ambulâncias, do Corpo de Bombeiros, enfim, da mobilidade urbana. Xixi na rua, não! Em agosto de 2015, a Lei Municipal 5930/2015 incluiu o art. 103-A na Lei sobre a Gestão do Sistema de Limpeza Urbana do Município do Rio de Janeiro de número 3277/2001. O artigo aumentou de R$ 170 para R$ 510 o valor da multa para quem for flagrado urinando ou defecando em vias públicas. Mesmo assim, desde 2016, quando o reajuste passou a vigorar até o último Carnaval, mais de três mil pessoas foram multadas por fazer xixi em público durante os dias de folia. Atualmente, o valor da multa é R$ 563,30. - De acordo com o caso, o ato de urinar em público pode se configurar como ato obsceno, conforme determina o artigo 233 do Código Penal. Mas isso somente se for demonstrada uma atitude mais deliberada de constranger, de ultrajar terceiros com o despudor – explicou o juiz, acrescentando que a pena correspondente é de detenção de três meses a um ano ou multa. Para aqueles que aproveitam a multidão nos blocos para sair quebrando o que encontrarem pela frente, um alerta: provocar danos ao patrimônio ou a bens de terceiros pode resultar em detenção de até seis meses. Se o ataque for direcionado ao patrimônio público, a pena pode aumentar para até três anos. O artigo nº 163 do Código Penal é claro: “Destruir, inutilizar ou deteriorar coisa alheia: Pena – detenção, de um a seis meses, ou multa.” E se o dano for qualificado, ou seja, se o crime for cometido com ameaça ou violência à pessoa ou com uso de explosivo, ou contra o patrimônio da União, Estado, Município ou empresa concessionária, a pena de detenção será de seis meses a três anos, além da multa. JM/FS
21/02/2020 (00:00)

Notícias

Cadastre-se

E acompanhe todas as novidades do nosso Escritório

Contate-nos

Advogado Criminal Rio RJ  2684144
© 2020 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia
Pressione as teclas CTRL + D para adicionar aos favoritos.