Quinta-feira
22 de Agosto de 2019 - 
Atendimento 24 horas em todo o estado do Rio de Janeiro

Corregedoria lança projeto-piloto do PJeCor no Rio Grande do Norte

A corregedoria nacional de Justiça lançou nesta segunda-feira (15/7), no Rio Grande do Norte, o projeto-piloto do Processo Judicial Eletrônico das Corregedorias (PJECor), sistema que vai integrar todos os órgãos correicionais de Justiça do país e possibilitar a tramitação de processos em uma única plataforma.  A criação da nova ferramenta foi anunciada pelo corregedor nacional de Justiça, ministro Humberto Martins, em 2018, durante o XII Encontro Nacional do Poder Judiciário, em Foz do Iguaçu (PR). Primeiro processo Nesta segunda-feira, a Corregedoria Geral de Justiça do Rio Grande do Norte protocolou o primeiro processo no PJeCor. Participaram do lançamento, o presidente do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte (TJRN), desembargador João Rebouças; o corregedor geral de Justiça do RN, desembargador Amaury Moura Sobrinho e a juíza auxiliar da Corregedoria Nacional de Justiça, Nartir Weber, representando o corregedor nacional de Justiça, ministro Humberto Martins. “Esperamos que essa ferramenta sirva de agilização e de transparência para todos que tem interesse nos processos que tramitam na nossa corregedoria”, afirmou o desembargador João Rebouças. Celeridade e transparência O presidente do TJRN destacou ainda que o PJeCor vai permitir mais celeridade para que a sociedade tenha uma resposta mais rápida por parte do Judiciário e também agradeceu o apoio do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) e da Corregedoria Nacional, através do ministro Humberto Martins. Segundo a juíza auxiliar da Corregedoria Nacional de Justiça, Nartir Weber, o RN foi escolhido pela sua Secretaria de Tecnologia ser muito avançada e também pelo apoio dado pelo tribunal e pelo desembargador Amaury Moura. Ela afirmou ainda que a comunicação entre as corregedorias locais e a nacional vai permitir que o CNJ conheça mais de perto os processos, facilitando o trabalho e permitindo que a Corregedoria Nacional possa dar uma resposta mais eficiente, além de um melhor suporte às corregedorias locais. Outros tribunais Nartir Weber aproveitou a oportunidade para transmitir os agradecimentos do ministro Humberto Martins ao TJRN, que se dispôs a receber o projeto. “O que o ministro me pediu foi em primeiro lugar para agradecer ao presidente, ao corregedor e à Secretaria de Tecnologia da Informação e dizer que nós estamos trabalhando para unificar todos os procedimentos de todas as corregedorias do Brasil, não só na estadual, mas na federal e na Justiça do Trabalho para que possamos dar celeridade aos processos”, concluiu. O PJecor será testado no RN no período de 15 de julho a 30 de agosto. Em seguida, o projeto-piloto também será implementado nos tribunais de Justiça do Rio de Janeiro, Pará, Bahia, Paraná, Paraíba, TRF1 e TRT9. Corregedoria Nacional de Justiça
15/07/2019 (00:00)

Notícias

Cadastre-se

E acompanhe todas as novidades do nosso Escritório

Contate-nos

Advogado Criminal Rio RJ  1665340
© 2019 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia
Pressione as teclas CTRL + D para adicionar aos favoritos.