Sexta-feira
21 de Setembro de 2018 - 
Atendimento 24 horas em todo o estado do Rio de Janeiro

Conciliação: Bahia forma 65 em solução de conflitos em juizados

Até o dia 14, conciliadores do Tribunal de Justiça da Bahia (TJBA), que exercem atividades na capital, especialmente aqueles lotados nos Juizados, participam do Curso de Formação de Mediadores e Conciliadores em Política Judiciária. A capacitação, iniciada na manhã do dia 10, cumpre as determinações do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) e é promovida pela Universidade Corporativa (Unicorp) do TJBA em parceria com o Núcleo Permanente de Métodos Consensuais de Solução de Conflitos (Nupemec) e a Coordenação dos Juizados Especiais (Coje).O curso busca transmitir informações teóricas gerais sobre a mediação e a conciliação, bem como a vivência prática para aquisição de conhecimento, a fim de tornar o corpo discente apto ao exercício dos métodos autocompositivos. Para tanto, é pidido em dois momentos: 40 horas de aulas teórico-práticas, realizadas na sede da Unicorp, e 60 horas de estágio supervisionado, que iniciará nos três primeiros meses após o término do módulo teórico, nas Unidades Judiciárias designadas pelo Nupemec.Para ministrar a ação, foram indicados pelo CNJ os Instrutores certificados Célia Regina Zapparolli Rodrigues de Freitas, Euclides Lourenço da Silva Júnior, Sueleni Pereira Valério Chung e Carla Maria Zamith Boin Aguiar. Também acompanham os trabalhos, as Instrutoras baianas Juliana Guanaes, Carolinne Gomes Santana, Rosanna Barreto e Claudicéia Duarte.Iniciando as atividades, os formadores aplicaram uma dinâmica de aquecimento, por meio da qual os 65 participantes puderam vivenciar, de forma lúdica, os sentimentos daqueles que estão em situação de conflito. Para os Docentes, a prática contribui para mostrar que não há necessariamente certo ou errado, sendo imprescindível à função de mediador saber ouvir e, principalmente, sair da posição de julgador inerente à própria natureza humana.Entre os persos assuntos que serão abordados durante o período, estão: Cultura de Paz; Teoria do Conflito; Métodos Autocompositivos e o sistema proposto por Leornard Riskin; Política Pública de Tratamento Adequado dos Conflitos; Linguagem Mediadora – Comunicação Não-Violenta; Etapas da Mediação; Mediação Extrajudicial e Judicial; Mediação Digital; e Modelos de Mediação em distintos contextos na prática.Unicorp – Unidade vinculada à Assessoria Especial da Presidência para Assuntos Institucionais (AEP II), coordenada pela Juíza Rita Ramos, a Unicorp constitui uma prioridade da gestão do Presidente do TJBA, Desembargador Gesivaldo Britto. Seu propósito inclui a consolidação e a expansão do sistema integrado de educação corporativa, focando na formação e aperfeiçoamento de Magistrados e Servidores, bem como na Gestão do Conhecimento.
14/09/2018 (00:00)

Notícias

Cadastre-se

E acompanhe todas as novidades do nosso Escritório

Contate-nos

Advogado Criminal Rio RJ  504635
© 2018 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia
Pressione as teclas CTRL + D para adicionar aos favoritos.