Domingo
18 de Novembro de 2018 - 
Atendimento 24 horas em todo o estado do Rio de Janeiro

CINEDEBATE ADPERGS exibiu filme “Central” e promoveu debate

A primeira edição do CINEDEBATE ADPERGS, que ocorreu nesta terça-feira, 11 de setembro, contou com a exibição do documentário “Central - O poder das facções no maior presídio do Brasil” e debate com a diretora do filme, Tatiana Sager, co-diretor e roteirista, Renato Dornelles, ex-diretor da Cadeia Pública, Zaluar Pens e ex-agente penitenciário, Júlio César Marques. A mediação foi conduzida pela Defensora Pública com atuação na Vara de Execução Criminal de Porto Alegre, Cintia Luzzatto.   O longa retrata a situação precária do Presídio Central e as facções criminosas que coordenam dentro e fora da penitenciária, por meio de depoimentos de presos, familiares e autoridades ligadas ao sistema de justiça criminal. Após exibição, foi formada uma roda de conversa entre os debatedores que expuseram sobre a situação prisional no Estado, a produção do longa metragem e a experiência dos atores dentro da realidade carcerária.   “Central” foi inspirado no livro de Renato Dornelles, intitulado “Falange Gaúcha”, publicado em 2008. O autor se dedica ao estudo do jornalismo penitenciário, como ele mesmo menciona, desde os anos 80.   Durante o debate, Renato Dornelles mencionou sobre as conquistas para mudar a realidade do Presídio Central, apontando a Defensoria Pública como um dos poderes atuantes nessa luta. “O primeiro passo foi dado pelos Defensores Públicos. Alguns anos atrás, houve a denúncia de que para ter acesso a Defensoria Pública os líderes de facção estavam cobrando pelo direito, e foram os Defensores a tomar uma medida para que fosse evitada tal situação. Justamente eles, que trabalham lá dentro e sabem exatamente como funciona, afirma Renato.   A Defensora Pública e mediadora do debate, Cintia Luzzato, ressaltou a insuficiência de Defensores Públicos atuando na Cadeia Pública, bem como em Defensorias de todo o Brasil. “Em contrapartida, já conseguimos alcançar um grande número de apenados, e, hoje mesmo, já é possível identificar sérios problemas quando são conduzidos à Defensoria Pública. Temos Defensores em todos os turnos atuando no presídio”, salienta Cintia.   A abertura foi realizada pela presidente da ADPERGS, Juliana Lavigne, que agradeceu a presença dos convidados e ressaltou a importância da Associação em promover um evento cultural e reflexivo para Defensoras e Defensores. O Subdefensor Público-Geral para Assuntos Jurídicos da Defensoria Pública do Estado do Rio Grande do Sul, Tiago Rodrigo dos Santos, esteve presente e elogiou a iniciativa, que aborda as questões do sistema prisional dentro da Instituição. Também prestigiaram o evento a vice-presidente da ADPERGS, Bárbara Sartori, demais Defensores Públicos, servidores, estagiários e alunos da FESDEP.   Não pode participar do debate? Confira na íntegra na página da Associação facebook.com/adpergs. Em breve disponível no YouTube da ADPERGS!

Notícias

Cadastre-se

E acompanhe todas as novidades do nosso Escritório

Contate-nos

Advogado Criminal Rio RJ  672554
© 2018 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia
Pressione as teclas CTRL + D para adicionar aos favoritos.